Mai
17
Sáb
Exposição Olaria Norte de Portugal @ Museu de Olaria
Mai 17 2014@10:00 am_Dez 31 2025@5:30 pm
[:pt]Exposição Olaria Norte de Portugal[:en]Pottery from Northern Portugal[:] @ Museu de Olaria

Esta exposição é composta de peças de louça utilitária pertencentes aos mais importantes centros oleiros do norte de Portugal. Este tipo de loiça respeita à olaria destinada aos usos domésticos mais comuns e dava resposta às necessidades familiares. Aqui se encontram, portanto, peças de louça preta, louça vermelha fosca e louça vidrada de Parada de Gatim, Barcelos, Guimarães, Bisalhães, Vilar de Nantes, Selhariz, Pinela, Felgar e Gondar.

Outrora utilizada em todas as casas portuguesas, a louça utilitária começou a cair em desuso a partir da década de setenta do século passado, em detrimento dos utensílios de plástico e de metal.

 

 

 

 

 

 

 

 

VISITA VIRTUAL

 

 

Jan
2
Qua
Revisitar o Figurado
Jan 2 2019@12:00 am_Dez 31 2022@12:00 am
Revisitar o Figurado

Horário ao público:
Terça a sexta-feira: 10h00 às 17h30
Sábados, domingos e feriados: 10h00 às 12h30  | 14h00 às 17h30

*Entrada Gratuita

VISITA VIRTUAL

Mai
18
Seg
O Galo de Barcelos @ Museu de Olaria
Mai 18 2020@10:00 am_Dez 31 2025@5:30 pm
Jan
17
Seg
Workshop em Design de Olaria e Cerâmica @ IPCA
Jan 17@12:00 am_Dez 31@12:00 am

 WOC 

Workshop em Design de Olaria e Cerâmica é orientado para a capacitação e especialização que visa dotar os participantes de conhecimentos e competências no âmbito do sistema de produção do sector cerâmico e da importância do Design enquanto contributo para o crescimento do sector, os meios tecnológicos e os processos de fabrico para a produção dirigida aos vários tipos de consumidor.

Após a conclusão dos 8 módulos do workshop os participantes deverão ter desenvolvido as seguintes capacidades:

»  conceber e aplicar o processo de planeamento e desenvolvimento de produtos de olaria e cerâmica de acordo com um programa definido;

» compreender os principais processos de produção e manipulação de pastas cerâmicas e aplicação de acabamento, explorando os processos de construção de moldes e seu enchimento, roda de oleiro e lastra.

» avaliar, relacionar e aplicar o conhecimento geral em Design de produtos cerâmicos e de olaria para apresentar soluções a propostas concretas;

» desenvolver projetos de cerâmica, olaria e atividades especializadas no sector.

Destinatários:

Grupos e/ou pessoas em situação social vulnerável ou particular dificuldade de inclusão social da região de Barcelos, por outro lado os que procuram obtenção de conhecimento na área do design relacionado com a olaria e a cerâmica, para a sua atividade profissional ou integração no mundo de trabalho, nomeadamente das áreas:

  • Designers de produto
  • Designers Industriais
  • Designers Gráfico
  • Artistas plásticos
  • Arquitectos

Destina-se também a pessoas com formação noutros domínios que pretendam obter conhecimentos na área que esta contempla, como mais-valia ao enriquecimento pessoal e profissional.

Jun
9
Qui
Santo António p`ARTES de mim – Coleção Alexandre Correia | 9 de junho 2022 | 5 de fevereiro de 2023 @ Museu de Olaria
Jun 9 2022@12:00 am_Fev 5 2023@5:30 pm
[:pt]Santo António p`ARTES de mim – Coleção  Alexandre Correia | 9 de junho 2022 | 5 de fevereiro de 2023[:en]Santo António p’ARTES de mim  (Saint Anthony p'ARTS of me)- Collection Alexandre Correia | June 9, 2022 to February 5, 2023[:] @ Museu de Olaria

 

O Santo António ocupa um espaço prestigiado na vida de Alexandre Correia. Foi devido à aparição deste Santo, ao seu muito estimado avô, que a vida deste terá sido salva.

Este inusitado episódio que levou a um volte-face na forma como encarava, até então, a religião, fez com que o seu avó, com quem tinha uma especial relação, passasse a ter grande consideração por Santo António. Deste modo, Alexandre Correia acabou por desenvolver, também, um gosto intrínseco por este Santo, o que o levou a ir recolhendo peças que deram origem a esta fantástica coleção.

Nesta época de Santos Populares, o Museu de Olaria presenteia, assim, os seus visitantes com a exposição “Santo António, p’ARTES de mim” – Coleção de Alexandre Correia, de 9 de junho de 2022 a 05 de fevereiro de 2023.

Esta exposição é composta por obras de figurado, com diferentes interpretações, de artesãos de norte a sul do país. São peças feitas com diversos materiais, onde se fazem notar os costumes e as técnicas tradicionais das nossas gentes.

Toda a coleção representa, como diz o título, uma parte de si enquanto colecionador de afetos, aliada à sua devoção.

É assim elencada uma exposição com uma forte incisão religiosa e com conetividade emocional que remete ao seu passado.

Fotos da exposição em montagem:

Jun
24
Sex
AQUA+32 @ Museu de Olaria
Jun 24@5:00 pm_Set 25@5:30 pm
AQUA+32 @ Museu de Olaria

Nota biográfica sobre o autor

Nascido em 1963, desde cedo teve contacto com a cerâmica, e logo na juventude emergiu a sua vontade de criar, manifestando-se através da pintura, do desenho e da escultura. Em 1988, iniciou a sua formação no CENCAL, nas Caldas da Rainha, cidade reconhecida como um dos principais centros cerâmicos portugueses e hoje reconhecida como Cidade Criativa da UNESCO no panorama do Artesanato e Arte Popular.

Foi ainda em 1989 que se estabeleceu com o seu espaço próprio e, em 1990, obteve o seu primeiro reconhecimento com o prémio “Recuperação de Formas Tradicionais”, no concurso de Design Cerâmico, Caldas da Rainha. Este foi apenas o primeiro de muitos. Dedicou grande parte da década de noventa e do novo milénio ao ensino, à investigação e à experimentação em vários domínios da produção de cerâmica a altas temperaturas e inspirado em técnicas milenares orientais e ocidentais da produção de cerâmica, que associa à sua paixão pela escultura nas suas criações artísticas em cerâmica.

Hoje, conta com 32 anos de uma carreira inteiramente dedicada à cerâmica, e soma dezenas de exposições individuais e coletivas, nacionais e internacionais. Recentemente foi premiado na Bienal de Aveiro 2021 e é atualmente membro da Academia Internacional de Cerâmica.

AQUA+32

Um momento de reflexão, de sentir o significado da água no meu trabalho e na minha vida, desde que a senti tocar o meu corpo.
A água percorre a Ria de Aveiro, as veias que percorrem o corpo do ceramista, a matéria transformada pelas mãos do ceramista, o qual aplica a sua força como as correntes que levam as marés através dos canais. O objeto que nasce do barro banhado pela água vem contar uma história, olhando o tempo que traz e leva, momentos da vida das gentes da Água. As formas onde essa água continua a sua viagem, são por vezes orgânicas, outras geométricas. Mas todas elas nos transportam a um momento onde o ceramista procura o equilíbrio na sua criação, como o intervalo entre as marés onde a luz na água reflete o que a envolve.
Entre elas, existem diálogos, narrativas, matéria-criador, objeto-observador, mas todos estes momentos apenas acontecem pela união das águas com a matéria.

H2O (l) + MATÉRIA (s) criação do objeto
Nessa constante procura, o meu caminho seguiu duas direções:
Os diálogos, que viajam por AQUA, levam-nos, pelos canais da Ria, à imagem da mulher cujo regaço transporta as crianças que um dia irão percorrer os caminhos da água, umas vezes familiares, outras desconhecidas. Pela mão das crianças, somos levados a questionar as histórias que os caminhos da água percorrem, o seu presente e o seu passado.
Por +32, acontece uma viagem pelo meu trabalho através do grés e da porcelana transformada pelo alto fogo, umas vezes vidrado, outras não, revelando a textura natural das pastas.
Onde a forma do objeto é sentida ao ser tocado, e olhada na relação objeto – utilizador, que nos leva até ao seu arquétipo – a tigela.

Fotos da exposição  – Da montagem à instalação final

Set
14
Qua
Programa Geral de Atividades para a Comunidade Escolar 2022|2023
Set 14 2022@12:00 am_Jun 30 2023@12:00 am
Out
5
Qua
“Binde à Festa” Exposição de Delfim Manuel @ Museu de Olaria
Out 5 2022@2:53 pm_Jan 8 2023@5:30 pm
[:pt]“Binde à Festa” Exposição de Delfim Manuel[:] @ Museu de Olaria

De 5 de outubro de 2022 a 8 de janeiro de 2023, está patente na Sala da Capela do Museu de Olaria de Barcelos a Exposição – “Binde à Festa”.
Esta exposição é o resultado de um processo criativo que integra uma das temáticas favoritas de Delfim Manuel – a Festa. É o perfeito cruzamento da tradição popular do território Minhoto, com a sua própria identidade, essência e sentido estético. Aqui, as suas raízes aliam-se à constante inovação que imprime nas suas composições conferindo-lhes uma capacidade de comunicação que contagia, todas elas explodem de alegria, de festa e de muito folclore.
A exposição é uma afirmação da excelência artística deste artesão nacional, que há 43 anos desenvolve produções únicas inspiradas, mormente, em situações do quotidiano, suportadas pelo imaginário popular ou erudito, quase sempre providas de um sentido estético onde abundam composições de linhas delicadas, porém perpetuamente sinuosas, onde frequentemente predominam cenários algo bucólicos ou de cariz popular, e onde as personagens representadas não são estáticas, antes pelo contrário, parecem estar em pleno movimento, a conversar, a trabalhar, a dançar, a beber ou a jogar, homens, mulheres, jovens e crianças parecem passar uns pelos outros, trocar olhares, conversas e até segredos.
Esta exposição é o reflexo da excelência da sua linguagem criativa muito própria e de um domínio estético que torna Delfim Manuel inconfundível.