Set
28
Sáb
TASCO | tableware collection
Set 28@12:00 am_Dez 29@12:15 am
[:pt]TASCO | tableware collection[:en]TASCO | tableware collection [:]

TASCO é um lugar privilegiado, porque evoca a memória de um povo, de um sentimento coletivo, de um Portugal saudoso que não gostaríamos de ver desaparecido. Feito, como poderíamos dizer, de outros tempos e momentos reconfortantes, de uma identidade que nos diferencia, envolto em maiores certezas, e menos desafios. E por outro lado, de uma história que, como nos diria Couturier, parece sempre estar na moda, parece sempre atraente. Os estilos antigos tem a vantagem de manter a sua extraordinária permanência. E os contornos do passado e do presente, aparentam, hoje em dia, terem-se esbatido.
A exposição TASCO, revela uma oportunidade para evocar esse passado, essa identidade nacional. Paulo Sellmayer, editor da coleção VICARA, e Guilherme Braga da Cruz comissário da exposição, apresentam um conjunto de peças que elogiam essa memória coletiva do barro e da cerâmica tradicional portuguesa.
TASCO é composto pelas peças: Set de Pratos, de HalfStudio; Jarro e Azeitoneira de Luís Nascimento; Jarro e Copo/Pote de Mariana Filipe; Set de Pratos de Hugo Graça; Tabuleiro de Margarida L. Pereira; Lateira de Rui Pereira e Pausa de Mónica Braga dos Santos.Carla Carbone

 

 

 

Dez
17
Ter
Natal Com Renda
Dez 17 2019@12:00 am_Jan 5 2020@12:00 am
Jan
23
Qui
Exposição Guizos | Programa Educativo
Jan 23@12:00 am_12:00 am
Fev
15
Sáb
O Figurado de Rosa Ramalho na Coleção do Espanhol
Fev 15 2020@12:00 am_Set 30 2021@12:00 am
[:pt]O Figurado de Rosa Ramalho na Coleção do Espanhol [:]

O figurado de Rosa Ramalho na coleção de Juan Yebra-Pimentel Rodriguez “ O espanhol”

Esta exposição é o resultado de uma grande amizade nascida em finais dos anos 60 entre Juan Rodriguez e Rosa Ramalho, a quem carinhosamente chamava de Rosinha.

Juan Rodriguez, apercebendo-se da criatividade desta mulher do Minho, e sendo ele escultor e um apaixonado pela mitologia grega, acaba por solicitar-lhe a produção de peças por ele desenhadas, algumas inteiramente desconhecidas do grande público, numa conjugação do imaginário dos dois artistas unidos na arte e no amor pelo barro.

Destaca-se nesta exposição a dimensão das peças que altera a função do figurado como brinquedo, para obras de culto, apreciadas por um público adulto e citadino.

A coleção de Juan Yebra Pimentel Rodriguez que o Museu de Olaria expõem na sala dedicada ao figurado, é uma coleção excecional, um tesouro até hoje bem guardado, que o museu coloca à vista de todos.

VISITA VIRTUAL

Mai
18
Seg
Dia Internacional dos Museus 2020
Mai 18@12:00 am_12:00 am
[:pt]Dia Internacional dos Museus 2020[:]

Dia 18 de maio de 2020 celebrou-se o Dia Internacional dos Museus. Instituído pelo International Council of Museums (ICOM) e promovido em território nacional pela Direção Geral do Património Cultural, tem como tema “Museus para a Igualdade: Diversidade e Inclusão”, num claro sentido de fomentar a diversidade e o cariz inclusivo das instituições culturais.

Assim, o Museu de Olaria assinalou o Dia Internacional dos Museus 2020 com o lançamento, no seu site, de vídeos de apresentação das exposições patentes. De acordo com o tema deste ano ” Museus para a Igualdade: Diversidade e Inclusão” proposto pelo ICOM – Conselho Internacional de Museus, os vídeos incluem legendas e locução, permitindo também o acesso , à informação, ao público invisual e surdo/ mudo.

 

 

https://youtu.be/0nCmM5xeI3Y

O Galo de Barcelos
Mai 18 2020@9:00 am_Dez 31 2021@10:00 am
Jul
24
Sex
Manuel Macedo Mãos no Barro, Figuras na Vida
Jul 24@12:00 am_Nov 29@12:00 am
Dez
11
Sex
Reconfigurado
Dez 11 2020@12:00 am_Abr 30 2021@12:00 am
[:pt]Reconfigurado[:]

 
Vinte e sete trabalhos gráficos a que se somam pequenos vídeos com a descrição do processo criativo desenvolvido pelos próprios autores – alunos do 2.a ano do Curso de Design Gráfico da Escola Superior de Design do IPCA. A colaboração com o Museu de Olaria foi estabelecida através da disciplina de Cor e Perceção Visual durante o ano letivo 2019-20.
ReconFIGURADO pareceu ser o baptismo ideal para uma mostra onde o RECONhecimento da cultura local se faz através da interpretação do figurado de Rosa Ramalho que, por sua vez, são interpretações dos ‘dibujos’ do seu amigo espanhol, Juan Yebra-Pimentel Rodríguez.

A proposta de trabalho consistiu na interpretação gráfica de um figurado presente na exposição “O Figurado de Rosa Ramalho na Coleção do Espanhol” patente ao publico de dezembro de 2020 a abril de 2021. O objetivo pedagógico foi o desenvolvimento de competências relacionadas com o domínio e consciência do uso da cor e da composição visual na comunicação. Através de uma experiência inovadora em contexto educativo, desenvolvida por meio da aprendizagem colaborativa em conexão com a comunidade, os alunos exploraram a ligação do Figurado de Barcelos com a memória e o seu conhecimento do artefato antropológico.Com a ideia de potenciar a valorização simbólica da identidade do território através do reconhecimento dos seus valores tradicionais e práticas criativas, os estudantes reinterpretaram e reconceituaram o Figurado de Barcelos. A teoria da cor, o domínio dos elementos visuais, a percepção visual e a investigação sobre a cultura local foram conteúdos abordados por cada estudante. Em paralelo, analisaram-se conceitos como “individualidade”, “luxo” ou “artificialidade”, que, enquanto futuros designers, terão de saber utilizar e traduzir eficazmente no mercado de trabalho para a comunicação visual de informação.

 
Foi, mais uma  vez, através  de uma importante parceria que  Museu de Olaria conseguiu atingir uns dos seus grandes objetivos: criar inovadoras estratégias de comunicação e divulgação dos acervos à sua guarda, potenciando  relações sociais, culturais e, sobretudo, afetivas, entre as peças e espaços que as preservam, e a comunidade que as rodeia.
 Só assim, o Museu pôde, para além da promoção de exposições e atividades lúdico/pedagógicas, desenvolver estratégias com  instituições e associações, com vista à interpretação  singular ou plural, da peça que expõe, resultando disso, frequentemente, enriquecedoras  abordagens e diferentes olhares daquele para o qual a peça foi inicialmente concebida.
Coube, desta vez, aos alunos de Design Gráfico do IPCA, após a visita à exposição O Figurado de Rosa Ramalho na Coleção do Espanhol, o desafio da reinterpretação das peças da Sr.ª Rosa, desafio este, que se materializou na exposição.
 
 

Mai
12
Qua
Relembrar Coleção de Cerâmica Contemporânea do Museu
Mai 12@12:00 am_Set 26@12:00 am
[:pt]Relembrar Coleção de Cerâmica Contemporânea do Museu[:en]Remember the Contemporary Pottery Collection from the Pottery Museum[:]

 

 

 

 

 

 

 

Produção de Exposição | Bastidores

Aberta ao público até 26 de setembro de 2021