Mai
17
Sáb
Exposição Olaria Norte de Portugal @ Rua Cónego Joaquim Gaiolas
Mai 17 2014@12:00 am_Jan 31 2021@12:00 am
[:pt]Exposição Olaria Norte de Portugal[:en]Pottery from Northern Portugal[:] @ Rua Cónego Joaquim Gaiolas

Esta exposição é composta de peças de louça utilitária pertencentes aos mais importantes centros oleiros do norte de Portugal. Este tipo de loiça respeita à olaria destinada aos usos domésticos mais comuns e dava resposta às necessidades familiares. Aqui se encontram, portanto, peças de louça preta, louça vermelha fosca e louça vidrada de Parada de Gatim, Barcelos, Guimarães, Bisalhães, Vilar de Nantes, Selhariz, Pinela, Felgar e Gondar.

Outrora utilizada em todas as casas portuguesas, a louça utilitária começou a cair em desuso a partir da década de setenta do século passado, em detrimento dos utensílios de plástico e de metal.

 

Horário ao público:
Terça a sexta-feira: 10h00 às 17h30
Sábados, domingos e feriados: 10h00 às 12h30  | 14h00 às 17h30

*Entrada Gratuita

Abr
9
Sáb
Exposição Geração Ramalho @ Rua Cónego Joaquim Gaiolas
Abr 9@12:00 am_Dez 30@12:00 am
[:pt]Exposição Geração Ramalho[:en]“Geração Ramalho” and Júlia Ramalho 60/70 Exhibits[:] @ Rua Cónego Joaquim Gaiolas | Barcelos | Braga | Portugal

Na sala de exposições temporárias esteve patente a exposição Geração Ramalho que reuniu peças de três gerações, com alguns dos trabalhos mais representativos de Rosa Ramalho – a mais conhecida e famosa barrista de Barcelos (1888-1977); da sua neta – Júlia Ramalho, nascida em 1946; e dos filhos de Júlia e netos de Rosa – António e Teresa.

A família Ramalho contribuiu de forma indelével para a construção da identidade da olaria local e nacional onde a Arte do Figurado dos Ramalho se apresenta na sua multiplicidade de interpretações singulares.

Out
1
Sáb
YOLA VALE | Fragmentos Suspensos: Inquietudes @ Museu de Olaria
Out 1 2016@12:00 am_Jan 3 2017@12:00 am
[:pt]YOLA VALE | Fragmentos Suspensos: Inquietudes [:en]EXPOSIÇÃO FRAGMENTOS SUSPENSOS: INQUIETUDES | YOLA VALE[:] @ Museu de Olaria | Barcelos | Braga | Portugal

A Sala da Capela do Museu de Olaria recebeu no dia 01 de outubro de 2016 a exposição de cerâmica “Fragmentos Suspensos: Inquietudes” da artista Yola Vale.

Neste seu mais recente trabalho, através de uma série de murais fragmentados, suspensos por delicados fios, a artista explorou os limites da cerâmica, remetendo-nos para o universo da tapeçaria ou da armadura oriental, num constante equilíbrio entre a fragilidade dos fragmentos e a robustez do material.

Os pontos de partida dos trabalhos de Yola Vale são os mais diversos, procurando inspiração nas viagens que realiza ou simplesmente na natureza. Inquieta-se com todos os problemas do mundo atual, refletindo e materializando as suas dúvidas e preocupações no próprio trabalho.

Yola Vale nasce no ano de 1975, em Espinho. Concluiu a licenciatura em Escultura na Universidade das Artes de Coimbra – ARCA|EUAC em 1999, ano em que partiu para Cabo Verde como docente das disciplinas de desenho e geometria descritiva durante dois anos. Em 2001, mudou-se para Proença-a-Nova onde ainda hoje tem o seu atelier. Desde então, tem sido promotora de inúmeros cursos e workshops de cerâmica ao nível da iniciação, modelação, ou murais cerâmicos, dedicando especial atenção à técnica do rakú. Participa regularmente em exposições, simpósios e bienais internacionais e as suas obras estão representadas em diversas coleções públicas e privadas.

 

Out
8
Sáb
José Rodrigues | Exposição
Out 8@12:00 am_Dez 4@12:00 am
Nov
18
Sex
Lançamento da Moeda “Figurado de Barcelos” @ Museu de Olaria
Nov 18@12:00 am
[:pt]Lançamento da Moeda "Figurado de Barcelos"[:] @ Museu de Olaria | Barcelos | Braga | Portugal

Figurado de Barcelos imortalizado e homenageado em Moeda Nacional

A escultora Baiba Šime, responsável pelo design da Moeda, que tem na face um escudo nacional rodeado por oito galos de Barcelos e conta no verso com várias figuras do bestiário da cidade, esteve presente no lançamento da moeda no Museu de Olaria juntamente com alguns dos mais prestigiados mestres barristas de Barcelos, Júlia Cota, João Ferreira, Irmãos Baraça e Mistério.

Os colecionadores de divisas vão poder acrescentar mais um modelo do Banco de Portugal à coleção. Para os aficionados em numismática, a moeda poderá ser adquirida através das instituições de crédito e das tesourarias do Banco de Portugal e no Museu de Olaria.

Dez
2
Sex
O Encanto do Natal
Dez 2 2016@12:00 am_Jan 8 2017@12:00 am
Dez
3
Sáb
Workshop Presépios em Barro com Júlia Côta @ Museu de Olaria
Dez 3@2:30 pm_6:00 pm
Jan
21
Sáb
Museu de Olaria parceiro Eu-Lac-Museums | Programa Internacional de Mobilidade Jovem @ Museu da Chapelaria
Jan 21@11:30 am_1:00 pm
Jan
27
Sex
projeto EU-LAC-MUSEUMS
Jan 27@12:00 am_Abr 27@12:00 am
Fev
4
Sáb
Exposição Geração Côta
Fev 4@12:00 am_Dez 31@12:00 am
Exposição Geração Côta

O Museu de Olaria inaugurou a 4 de Fevereiro de 2017 duas exposições “Geração Côta” e “Pelas Mãos de Côta” no âmbito da 2ª mostra do Ciclo de Exposições dedicado às famílias mais carismáticas do artesanato figurativo barcelense.

Num universo de 139 peças de figurado, a “Geração de Côta” contou com peças de Júlia Côta, Rosa Côta e Prazeres Côta pertencentes ao acervo do Museu de Olaria e da coleção particular de Prazeres Côta, entre músicos e coretos, presépios, cabeçudos, bonecas, bois, santos populares, anjos, diabo, mochos entre outros.

A exposição “Pelas Mãos de Côta”, contou com 75 peças na sua maioria da coleção particular de Júlia Côta, com uma variedade de artesanato figurativo, desde músicos, bonecas, centros de mesa, diversos presépios, coretos e juntas de bois.