Set
30
Dom
Barros do Telhado @ Freguesia do Telhado - Fundão
Set 30 2018@12:00 am_Mai 16 2021@12:00 am
[:pt]Barros do Telhado[:] @ Freguesia do Telhado - Fundão

No âmbito do projeto a “Casa do Barro” foi estabelecido um protocolo de colaboração entre o Município do Fundão e o Município de Barcelos, tendo em vista a cooperação para a dinamização da Casa do Barro, na freguesia do Telhado, concelho de Fundão, através do Museu de Olaria, com o empréstimo de peças do espólio do museu. Promover e desenvolver espaços culturais e a melhoria da qualidade de vida das populações locais pela sua fixação em meio rural é um dos objetivos deste projeto, nomeadamente no que respeita à gestão e manutenção deste espaço através da colaboração entre as duas instituições.

Horário de Funcionamento:
Segunda a sexta-feira: 09h00 às 13h00 | 14h00 às 18h00

*Entrada Gratuita

Jun
3
Seg
Cidades e Vilas Cerâmicas
Jun 3 2019@12:00 am_Dez 31 2020@12:00 am

Barcelos é um dos fundadores da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas Cerâmicas

A AptCC tem como objetivos, entre outros, a defesa, a valorização e a divulgação do património cultural e histórico cerâmico, o intercâmbio de experiências entre associados e a nível internacional, bem como a consciencialização de empresários e das comunidades locais para a importância histórica e patrimonial da cerâmica, seja na vertente artesanal como industrial, e ainda evidenciar o seu potencial para a sustentabilidade económica e social das cidades e vilas associadas.

A escritura da constituição da associação foi assinada pelos 14 municípios envolvidos, numa cerimónia que contou com a presença de representantes do Agrupamento Europeu das Cidades Cerâmicas.

Além de Barcelos, fazem parte deste grupo de arranque da AptCC os municípios de Alcobaça, Aveiro, Batalha, Caldas da Rainha, Ílhavo, Mafra, Montemor-o-Novo, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Tondela, Viana do Alentejo, Viana do Castelo e Vila Nova de Poiares.

“Barcelos assume-se como um grande centro da olaria e figurado no contexto nacional,  reconhecida pela UNESCO como Cidade Criativa na área do Artesanato e Artes Populares. 

Historial da AptCC

O processo de criação da AptCC foi lançado no início de janeiro de 2015, numa reunião em Mafra com os municípios interessados, a que se seguiu uma segunda reunião nas Caldas da Rainha, tendo sido concluído a 15 de março do 2016, em Aveiro, o processo de elaboração e discussão dos estatutos da associação.

Este processo de elaboração estatutária passou pela aprovação desses documentos fundadores por todos os executivos camarários e assembleias municipais, posteriormente submetidos ao visto do Tribunal de Contas, nos termos da legislação vigente, processo concluído no início de 2018.

Esta iniciativa,  foi estimulada pela visita do coordenador europeu e simultaneamente italiano das cidades cerâmicas, acompanhado pelo coordenador espanhol, em dezembro de 2014, que executavam uma missão do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial das Cidades Cerâmicas, com vista ao estabelecimento, na maioria dos países europeus, das respetivas associações de cidades cerâmicas.